Notícias

Casal é preso vendendo Plano Funerário Falso

Casal

O casal Dolíria Pereira Seluchinesk, de 52 anos, e João Amparo da Silva, de 45, foram presos em fragrante pela Delegacia de Estelionato (DE), na tarde de terça-feira dia 31/01. Os dois são suspeitos de vender planos funerários que não existiam a idosos de Curitiba. Os documento que eram utilizados eram de fachada. O alvo principal da dupla eram pessoas idosas que recebiam benefícios do INSS, onde também eram coagidos a realizarem empréstimos em seus benefícios para bancar supostas despesas com o plano e também jazigos para sepultamento. Ao todo a dupla já havia fraudado “300 clientes”. Na apreensão foram localizados documentos que comprovam a farsa, agenda telefônica entre outros.

luto-lirio-do-vale

Os dois aproveitavam de pessoas idosas que eram pouco instruídas afim de facilitar o golpe. Era apresentado aos idosos o “plano funerário” que custava em média R$1600,00. Para dar realidade o golpe eles usavam ate um endereço físico no centro de Curitiba, onde funciona outra empresa. Há casos mais graves onde o golpe ultrapassa o Valor R$10.000,00, e que ainda esta sendo investigado pelo Delegado Wallace de Oliveira Brito da Delegacia de Estelionato (DE).

A polícia acredita que mais vítimas possam aparecer com a divulgação das imagens e do nome da dupla. Os policiais usaram o caso para alertar a população e pedir para que denúncias sejam feitas através do telefone (41) 3261-6600 para o Paraná ou 181 Disque Denúncia ou 190 da Policia Militar em todo Brasil.

É importância ressaltar que planos funerários de empresas legalmente fundadas para essa finalidade, são completamente seguras para contratações. Desde março de 2016 esta em vigor a Lei 13261/16 que regulamenta esse produto. Com a Lei passou a existir um filtro para que empresas que atuavam de forma ilegal se adequassem ou simplesmente sejam extintas para que não haja outros casos em nosso País.