Notícias

Justiça autoriza crematório em cemitério de Curitiba

Cemiterio Vertical15 1

A Justiça do Paraná autorizou o funcionamento de um forno crematório dentro do Cemitério Vertical de Curitiba. É a primeira vez que esse tipo de serviço será prestado dentro da capital paranaense. Hoje as funerárias vendem o serviço que é realizado na região metropolitana, segundo o diretor da empresa, Carlos Camargo. “Há 12 anos nós propusemos essa ideia para o município e a defendemos com muito afinco. Acreditamos que esse tipo de serviço deve ser realizado dentro de cemitério, e não em funerárias, ideia defendida pela gestão anterior do município. Na nossa visão, elas podem até vender o serviço, mas não realizá-lo”, disse o diretor em entrevista à rádio Banda B nesta última sexta-feira (19).

De acordo com ele, a caminhada até a aprovação do crematório foi longa. “Entramos com o projeto na prefeitura, que o enviou ao Conselho Municipal de Urbanismo para obter o parecer. Na época, nenhuma secretaria foi contrária à instalação quando, então, conseguimos o provimento do Conselho para a instalação do forno”, completou. Para dar continuidade ao projeto, uma equipe de técnicos multidisciplinar foi contratada para estudar e analisar o impacto ambiental das cremações. Chegou-se à conclusão de que não existiria impacto ao meio ambiente desde que se respeitasse a legislação vigente. “O Instituto Ambiental do Paraná (IAP) com a anuência da Secretaria Municipal do Meio Ambiente de Curitiba, inclusive nos deu uma licença prévia e nós levamos a ideia aos moradores da região, com uma audiência pública. Recebemos também da secretaria Municipal de Urbanismo de Curitiba alvará de construção do prédio que iria abrigar o forno”.

curi01

Cemitério particular de Curitiba recebe autorização para operar forno crematório.

Antes do IAP fornecer a licença oficial, de operação, o Cemitério Vertical testou o forno cremando um porco, animal que tem características de mesma composição orgânica do ser humano. “O teste foi bem sucedido atendendo a todos os parâmetros ambientais exigidos e nós conseguimos a autorização do IAP, além do aval da Vigilância Sanitária, Sanepar e Bombeiros para operar”. No momento da análise do plano de gerenciamento dos resíduos sólidos da construção civil (PGRSCC) do prédio construído, no entanto, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente negou o pedido, o que levou a empresa a entrar com uma ação judicial. “A justiça derrubou todos os argumentos contrários à colocação do forno e ontem, com felicidade, recebemos o alvará de funcionamento. Essa é uma notícia muito boa para nós e para os paranaenses que agora tem esse serviço disponível na capital”.

Carlos Camargo lembrou que a cremação é uma realidade no Brasil, existindo em todas as capitais e Curitiba era motivo de chacota entre os empresários do setor do Brasil inteiro por não ter ainda este serviço liberado. O Cemitério Vertical esta localizado na Rua Konrad Adenauer, 940, na Vila Tarumã, em Curitiba.

Fonte: www.bandab.com.br

Deixe um comentrio