Saiba a origem do Dia de Finados

Origem do feriado remete ao ano 998, data em que um monge beneditino instituiu a obrigatoriedade de se rezar pelos mortos

finados01

Dia de Finados, 2 de novembro, é conhecido no Brasil como a data marcada por idas ao cemitério. Em outros lugares do mundo, a efeméride tem o mesmo significado mas é lembrada de formas diferentes. No México, por exemplo, as pessoas têm o costume de fazer grandes festas e usar fantasias coloridas de caveiras para homenagear os mortos.

A origem deste feriado remete ao ano 998. Antes, já existia o costume de se enterrar e se rezar pelos mortos, mas a data de 2 de novembro foi oficialmente instituída por um monge beneditino, Odilo de Cluny, que viveu do ano 962 ao ano 1049.

Na data, o monge ordenou aos clérigos de sua abadia e a todos aqueles que seguissem a Ordem Beneditina que deveriam rezar pelas almas dos mortos. O costume se popularizou a partir do século XII, quando deixou de ser algo somente da igreja.

finados03

No Japão, o Dia de Finados acontece no dia 15 de agosto é marcado pelo Festival Obon. De acordo com crenças budista, na data os espíritos dos antepassados retornam às suas casas. O fogo é o elemento que representa o caminho dos antepassados. O dia da despedida é marcado pelo ritual das lanternas flutuantes.

finados02

O Dia dos Mortos no México é uma verdadeira festa e atrai turistas de todas as partes do mundo. Na data, as pessoas têm o costume de vestir fantasias coloridas de caveira para homenagear os mortos.

finados04

Na Espanha, o Dia de todos os Santos, 1º de novembro é considerado o Dia de Finados. Lá, o feriado é lembrado de forma muito similar ao Brasil, com os parentes visitando os cemitérios. Além disso, as cidades espanholas também recebem paradas em homenagem aos mortos e é feito um doce típico para a ocasião, conhecido como Osso dos Mortos.

Fonte: www.ultimosegundo.ig.com.br

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *